27 nov 2020

VENDAS NO SETOR SUPERMERCADISTA DEVEM CRESCER 5% NESTE FIM DE ANO

Com um final de ano diferente por conta da pandemia, o setor supermercadista do Rio acredita em um crescimento de 5% nas vendas para o Natal e Ano Novo de 2020, se comparado ao ano passado. A expectativa é que se destaque a busca por aves natalinas em 40%, pão de rabanada deve crescer 30%, seguido pelo tender com 20%. O azeite (apesar de muitos serem importados), espera-se um aumento de 17%. Panetones provavelmente irão crescer em 15%, as frutas em geral, 14% e o bacalhau em 9,40%.

Já quando o assunto é bebida; gins e outros destilados saem na frente com uma expectativa de vendas de 45%, seguido pelos vinhos com 36%, com destaque para os tipos nacionais que tenderão a ter sua busca incrementada em 15%.

“Será uma ceia diferente porque as famílias vão usar o alimento para compensar o ano difícil. Vão reduzir quantidades para não abrir mão do que desejam. Com o dólar alto, produtos nacionais e de mercados mais próximos ganham protagonismo. Terão menos vinhos da Europa e mais do Brasil e da América do Sul. O consumidor faz essa troca”, diz Fábio Queiróz, presidente da Associação de Supermercados do Rio de Janeiro.

VAGAS TEMPORÁRIAS

A expectativa de contratações temporárias do setor, no Rio, para o fim de ano é mais que positiva. Estima-se cerca de 4% de novas oportunidades, o que resultaria em até 8 mil vagas entre Natal e Ano Novo.

A ASSERJ aposta ainda no crescimento do setor no Rio de Janeiro em 2021. A previsão da Associação para o próximo ano é de um aumento nas vendas de 4,5% em relação à 2020. Sobre a expansão das redes, em pesquisa realizada com os supermercados associados, já está confirmada a abertura de cerca de 30 novas lojas para 2021 no Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta