06 mar 2020

Mulheres do Varejo: Cencosud Brasil mapeia histórias de colaboradoras e revela raio X feminino do setor

Elas representam cerca de 50% da mão de obra do setor, de acordo com o grupo Mulheres do Varejo. Contudo, apenas 16% ocupam cargos de liderança nesse segmento que é um dos principais empregadores do País. Mas os aspectos são otimistas, visto que o grau de escolaridade entre as mulheres cresceu em média um ano a mais, comparado aos homens. A Cencosud Brasil, 4ª maior rede varejista, da qual o supermercado Prezunic, associado ASSERJ, faz parte, realizou um mapeamento especial para o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, com o intuito de promover maior diversidade, inclusão e discussão entre seus 24 mil colaboradores.

Por meio do Programa de Reconhecimento ‘Mulheres que Deixam a sua Marca’, comitês foram organizados com foco na cultura e diversidade da empresa para avaliar as mais de 500 indicações internas recebidas de histórias de mulheres que trabalham nas bandeiras GBarbosa, Mercantil Rodrigues, Perini, Prezunic e Bretas, além das áreas administrativas e do negócio de serviços financeiros.

Dentre tantos relatos de superação, compromisso e paixão pelo trabalho, há algo em comum entre todas as histórias: as mulheres mais admiradas no varejo iniciaram suas carreiras em postos de trabalho da base da pirâmide, como empacotadoras e operadoras de caixa. Também encontraram apoio para conciliar os estudos com a carreira e a maternidade, além de receberem desafios que comprovaram a capacidade de crescer, liderar e ser inspiração para as demais mulheres que atuam no setor.

Superando desafios

Na rede carioca Prezunic, uma das histórias mais admiradas do ‘Mulheres que Deixam a sua Marca’ é a da gerente da loja Fonseca, em Niterói, Marlei de Lima. Paranaense de Santa Izabel do Oeste, chegou ao Rio em 1992. Casou-se, teve dois filhos e chegou a passar noites na rua, sem condições de voltar para casa a tempo, em Maricá, após sair tarde do trabalho na capital.

Marlei de Lima

Em 2005, chegou ao Prezunic como gerenciadora de serviços. A vida ia bem até 2010, quando um desastre fez sua vida, literalmente, desmoronar. Uma enchente destruiu sua casa, móveis, carro e deixou as filhas em situação de risco. Sua coragem salvou as duas do alagamento. Vizinhos, colegas de trabalho e a empresa ofereceram apoio. No dia seguinte, Marlei fez questão de ir trabalhar. “Hoje, ensino às minhas filhas que não devemos nos apegar aos bens materiais. Compartilho tudo que tenho em casa e aconselho que vivam o momento, porque não sabemos o que pode acontecer amanhã”.

Em 2012, outro desafio: um diagnóstico de câncer. Marlei lembra do apoio de sua gerente de loja à época, Andreia Neris, hoje, uma grande amiga. Venceu a doença. Dois anos depois, divorciou-se e, sozinha, comprou uma casa, onde vive com as filhas e um neto. Cursou faculdade de logística e iniciou pós-graduação em estratégia de vendas. Seguiu crescendo no Prezunic/Cencosud, tornando-se gerente de serviços, gerente de perecíveis e, após uma seleção desafiadora, gerente de loja. “O varejo me encanta. Gosto de transitar pelas áreas, estar inteirada de tudo o que acontece e atender o cliente. O que mais gosto é de lidar com gente”, afirma.

Busca por conhecimento

Nascida no Rio de Janeiro, Flavia Pimentel é supervisora alimentar do Prezunic. Dona de sorriso largo e voz marcante, construiu sua trajetória com muita perseverança. Formada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal Rural, morava no alojamento da faculdade quando, em 2009, engravidou de gêmeas. Um erro médico causou a morte de Laura. A irmã, Liz, nasceu prematura, e já ensinando uma grande lição: “Ela lutou pela vida, passando por 3 paradas cardiorrespiratórias. Sempre foi exemplo de luta e perseverança”, diz Flavia.

Motivada pela perseverança da filha, Flavia continuou na universidade. A escolha causou o término do casamento. “Fiquei sem dormir várias vezes, por prova, por minha filha, por falta de dinheiro, por não ter o que comer. A Liz morou no alojamento por 4 anos. Muitas vezes, ia para a aula comigo. Na formatura, recebemos o diploma juntas”.

Trabalhar em supermercados sempre foi uma paixão para Flavia. Como estagiária, a cada rede varejista que passava, atuava em uma área diferente. Sabia que o processo era uma preparação para a grande oportunidade.

Em 2017, enviou e-mail para uma vaga no Prezunic. No primeiro momento, a resposta foi negativa. “Mas, me deram atenção e mantive a vontade de trabalhar naquele lugar”. Um mês depois, foi convidada para seleção no cargo de supervisora do Centro de Distribuição da empresa e conquistou a vaga.

Flavia acredita em união, respeito e cuidado na busca do melhor para a equipe como um caminho para todos prosperarem. “Não lembro do que vivi com dor e tristeza, mas sim, com mérito. Tive quem me ajudasse. Sou muito grata, e toda vez que alguém me pede qualquer ajuda, não posso negar”. 

Flavia Pimentel

Celebração

No dia 12 de março, a Cencosud Brasil realizará uma cerimônia de reconhecimento às mulheres da empresa. A essência dos relacionamentos, aspectos tão humanos que são a base da convivência entre as pessoas, sejam colegas de trabalho, relações entre clientes, fornecedores e sociedade em geral, dará o tom da celebração ao Dia da Mulher. Na ocasião, algumas histórias do programa ‘Mulheres que Deixam a sua Marca’ receberão homenagens especiais, promovendo a representatividade dessas colaboradoras diante de todo corpo funcional. Momentos como esse disseminam e reforçam a cultura de valorização ascendente às mulheres do varejo e denotam o quanto a implantação da política de diversidade tem sido encarada como pauta relevante na Cencosud.

One Comment

  • Sheyla 7 de março de 2020

    Muito legal a história de superação de cada uma,nós somos mulheres guerreiras,eu também faço parte de uma delas,perdi meu emprego foram 3 anos desempregada,a tecnologia acabou com ele,mesmo eu com meus 55 anos não desisti de está empregada,o Prezunic abriu essa porta de emprego no qual eu abracei com muito carinho,tem 1 ano e 1 mês trabalhando na empresa sem falta nem atraso,com pontualidade e dedicação,obrigada Prezunic.

    Reply

Deixe uma resposta