27 nov 2019

Consumidores elegem supermercados com melhor relação custo-benefício

Os supermercado regionais e os atacarejos oferecem a melhor relação custo benefício entre as empresas de varejo alimentar que operam no país, na opinião dos brasileiros. A conclusão faz parte de um estudo sobre o setor realizado pela empresa de pesquisas de mercado CVA Solutions, subsidiária da americana CVM Inc.

A consultoria ouviu 7,6 mil consumidores em outubro sobre suas preferências no varejo alimentar e o valor percebido das redes (relação entre custo e benefício). Os entrevistados citaram espontaneamente 77 nomes de hipermercados, supermercados e atacarejo. E atribuíram uma pontuação para cada varejista em termos de política de preços, custos e benefícios oferecidos ao cliente.

As redes com pontuação inferior a 0,98 ficaram abaixo da média, indicando uma percepção de valor abaixo da concorrência. O indicador entre 0,98 e 1,02 foi considerado como dentro da média dos seus pares. E indicadores a partir de 1,03 indicam que os produtos e serviços são vistos como superiores aos da concorrência.

De acordo com a pesquisa, o supermercado Bourbon, do Grupo Zaffari, que atua na região Sul, apresentou o maior índice de todas as redes de varejo alimentar, com nota 1,07. Em seguida estão a rede Savegnago, do interior de São Paulo, com 1,06; e o supermercado Guanabara, do Rio, que teve índice 1,04. Ficaram com nota 1,03 o Maxxi (atacarejo do Grupo BIG, exWalmart), e as redes regionais Bergamini (São Paulo), Coop (ABC Paulista) e Formosa (Pará).

“Os supermercados regionais parecem entender qual é a necessidade dos clientes em termos de preços, mix de produtos e mix de marcas”, disse Sandro Cimatti, sócio-diretor da CVA Solutions. O coordenador da pesquisa acrescentou que em muitos supermercados regionais os donos fazem uma gestão mais próxima das lojas e tomam decisões mais rapidamente em comparação com grandes cadeias, o que permite solucionar problemas de forma mais ágil.

Cimatti também destacou o Maxxi entre as redes com melhor qualificação. “Depois que a [gestora de private equity] Advent comprou a operação do Walmart no Brasil, fez um investimento grande para melhorar a operação do Maxxi e já houve reação positiva dos consumidores. O Maxxi pode começar a incomodar outros atacarejos, como Assaí [do GPA] e Atacadão [do Carrefour]”, avaliou.

Entre as redes que foram avaliadas como tendo uma relação custo benefício igual à dos concorrentes, estão atacarejos, como Atacadão, Assaí, Makro e hipermercados como Carrefour, Extra, Big, Zaffari, Giassi e Angeloni.

Para Cimatti, a projeção de algumas redes regionais pode estimular uma onda de aquisições. “Poderia apostar em uma temporada de aquisições no Sul, as grandes redes têm baixa participação de mercado e as redes regionais têm a preferência dos consumidores”, disse.

TOP 10 bandeiras se destacam no quesito Valor Percebido (pesquisa) CVA Solutions

1º Bourbon, da rede gaúcha Zaffari
2º Savegnago, com atuação no interior de São Paulo
3º Guanabara, rede carioca (ASSOCIADO ASSERJ)
4º Coop, varejista paulista
5º Bergamini, varejista paulista
6º Maxxi Atacado, bandeira de cash & carry do Grupo Big
7º Zaffari
8º Carrefour (ASSOCIADO ASSERJ)
9º Atacadão
10º Angeloni.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta