27 ago 2021

PELA PRIMEIRA VEZ, MAIS DE 50% DOS SUPERMERCADOS MANTÊM OPERAÇÃO ONLINE

O relatório anual “300 Maiores Empresas do Varejo Brasileiro”, elaborado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), mostra que pela primeira vez, mais de 50% das empresas supermercadistas investiram em operação on-line (era um número abaixo de 30% em 2019). Por conta disso, o número de firmas quase dobrou em relação à edição anterior, atingindo 76 companhias em 2020. “A maior aceleração no on-line na pandemia foi, sem hesitação, no varejo de alimentos, efeito isolamento social que levou ao home office”, afirma o sócio e fundador da Varese Retail, Alberto Serrentino.

A pesquisa realizada pela revista AS Varejo de Junho, mostrou que o varejo regional aplicou mais de R$ 17 bilhões em tecnologia, sendo que 72% dessas redes investiram em soluções de e-commerce. Seis em cada 10 redes regionais obtiveram soluções de inteligência de dados e 34% dos varejos regionais dedicaram recursos à compra de tecnologias voltadas às lojas.

Conforme o levantamento da SBVC, no marketplace, especificamente, que inclui a venda de lojistas médios e pequenos, e a venda da mesma rede que opera a plataforma, as cinco grandes companhias somaram R$ 123,9 bilhões em vendas transacionadas por esses shoppings virtuais em 2020, 81% acima de 2019 – ritmo de expansão também superior à média do comércio eletrônico. Lideraram esse segmento, nessa ordem, Mercado Livre, Magazine Luiza, Americanas, Via e Carrefour.

Deixe uma resposta