28 dez 2020

Conheça curiosidades e superstições de Réveillon

A noite do dia 31 de dezembro é marcada por reflexões do ano que passou e esperança de um próximo melhor, afinal, quem não objetiva ser cada vez mais feliz?

Uma curiosidade à respeito da palavra que nomeia essa festa é que no século XVII, a palavra Réveillon passou a ser utilizada para designar as festas realizadas pela nobreza francesa, que duravam a noite toda. Anos depois, as nobrezas de outros países adotaram o mesmo nome para as suas festas. Hoje em dia, a palavra é utilizada na maioria dos países ocidentais referindo-se à passagem de ano.

A virada de ano no Brasil é comemorada de diversas formas, variando de acordo com as crenças de cada um. O principal símbolo da festa é a tradicional queima de fogos, mas escolher a cor da roupa, pular as sete ondas na praia ou comer lentilha, por exemplo, são algumas das superstições mais populares, com o objetivo de atrair sorte e coisas boas para o ano que está chegando.

A ASSERJ separou três superstições tradicionais desta data, que mesmo com a pandemia poderão ser feitas:

 

1 – ESCOLHER A COR DA ROUPA

O branco é a cor tradicional desta data comemorativa, mas segundo a crença popular, cada cor tem um significado, remetendo à um desejo para o novo ano.

Confira abaixo algumas representações:

 

Vermelho – Paixão

Amarelo – Dinheiro

Azul – Harmonia

Verde – Esperança e Saúde

Rosa – Amor

Laranja – Energia

 

2 – COMER LENTILHA E ROMÃ

Entre os alimentos, se destacam a lentilha, que de acordo com as crenças trazem fartura à mesa; e o romã, que é ingerido com o objetivo de atrair dinheiro.

 

3 – BRINDAR COM CHAMPAGNE

O famoso brinde de ano novo quando o relógio marca meia-noite é uma simbologia de alegria. Acredita-se que pode ajudar trazendo boas energias e felicidade.

Deixe uma resposta