06 set 2019

Conecta 2019: Varejo aprimora a experiência do consumidor mas esquece a jornada do produto, avalia Consinco

Plataformas de e-commerce, experiência omnichannel e aplicativos de ofertas exclusivas são inovações cada vez mais presentes na realidade do varejo supermercadista brasileiro para melhorar a experiência de compra do consumidor. Por outro lado, as marcas não devem deixar em segundo plano investimentos na operação para aprimorar a jornada do produto. A avaliação é de João Giaccomassi, gerente de Produto da Consinco, líder no fornecimento de sistemas de gestão corporativa para as maiores empresas de atacado e varejo alimentar no Brasil, que vai debateu no Conecta a Jornada do consumidor x Jornada do produto, na quarta-feira (4).

“A discussão sobre a importância da jornada do consumidor e da jornada do produto é muito relevante. As empresas precisam ficar atentas para adotar práticas eficientes para sincronizá-las. As marcas investem em tecnologias para melhorar a experiência do consumidor, como oferecer ofertas personalizadas, mas pouco adianta se o cliente for na gôndola e não encontrar o produto”, explica Giaccomassi.

Para o executivo, as empresas estão preocupadas em entregar uma experiência de qualidade para os clientes, mas têm outros desafios de operação que são prioritários para aprimorar a jornada do produto, segundo pesquisa realizada pela Consinco com os próprios supermercadistas. “Conhecer o hábito de compras do consumidor deixou de ser tendência e passou a ser uma obrigação das marcas. Dessa forma, o varejista consegue definir melhor o mix de produtos para a loja e realizar promoções personalizadas para cada público”, afirma Giaccomassi.

Durante a palestra, o executivo apresentou o case do Grupo Koch, que apostou em soluções da Consinco para unir as duas jornadas. O Grupo Koch integra as redes Koch Supermercados e Komprão Atacadista e é considerado uma referência em Santa Catarina por ofertar os melhores produtos a preços baixos. Ao implementar as tecnologias Consinco, a empresa reduziu 20% a ruptura do varejo e 30% do atacarejo. As taxas de perdas da rede estão em torno de 0,7%, resultado muito abaixo da média do setor, que é de 2,2%. “Quando diminui a ruptura, as redes supermercadistas conseguem melhorias significativas na operação, resultando em aumento nas vendas e na fidelização dos clientes”, diz Giaccomassi.

Tecnologias Consinco

A Consinco desenvolve soluções que atendem operações complexas e ajudam a melhorar as jornadas do produto e do consumidor. O Consinco WMS ajuda no gerenciamento dos processos logísticos. O Consinco SOMMA, solução para ressuprimento e operação de loja, gerencia as atividades operacionais e o complexo fluxo de informações da jornada do produto. Para melhorar a jornada do consumidor, a Consinco conta com o Consinco E-commerce, plataforma de comércio eletrônico especializada para o varejo.

Deixe uma resposta