06 jun 2019

Prevenção de perdas se faz com processos, pessoas e tecnologia.

Na última quarta, 05/06, a ASSERJ realizou o Conselho de Prevenção de Perdas com seus associados.
A reunião aconteceu na Câmara de Dirigentes Logistas (CDL), em Niterói e apresentou soluções e cases para o setor.
Os convidados assistiram ao case da Profarma, maior distribuidora de medicamentos do Brasil, que mostrou como controla as perdas de forma simples, e com baixo investimento.

“A Profarma mostrou que é possível fazer o controle com processos, mais do que propriamente o investimento financeiro. Percebemos que eles possuem um processo muito redondo, pessoas treinadas e aptas ao marco regulatório que os medicamentos possuem. Tudo muito bem alinhado. No entanto, a empresa investiu também em tecnologia. A mensagem passada foi que a prevenção de perdas se faz com processos, pessoas e tecnologia. E isso pode ser implantado em empresas de pequeno a grande porte, como é o caso da Profarma.

Uma novidade apresentada é que ao final das reuniões os associados assistirão a conteúdos exclusivos, e para estrear, o Conselho recebeu o especialista Gilberto Quintanilha, com a palestra ‘Prevenção 4.0 em um varejo cada vez mais tecnológico’.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEM AÍ!

Fórum de Prevenção de Perdas da ABRAPPE
Quando? 27 de junho de 2019
Onde: São Paulo – Auditório da TOTVS
Na ocasião será apresentada a pesquisa de Prevenção de Perdas de 2018.
Saiba mais: http://www.abrappe.com.br/

 

Deixe uma resposta