13 dez 2019

Setor de Supermercados espera crescimento de 2,5% em 2020

A Associação de Supermercados do Rio de Janeiro espera que o setor tenha aumento de 5% nas vendas no final do ano, se comparado a dezembro do ano passado. Para o ano que vem, a projeção é que o crescimento no estado seja de 2,5%, ainda abaixo da média nacional de 3,5%.

Os postos de trabalho no setor se mantiveram estáveis neste ano, empregando 200 mil pessoas em 1.500 pontos de venda.

A Asserj aposta num cenário de maior estabilidade política e econômica, somado a fatores como os saques do FGTS, aumento de crédito e empréstimos mais baratos, favorecem o comércio varejista. Apesar disso, a associação destaca que o estado ainda enfrenta freios, como o roubo de cargas. Apesar da redução de mais de 13%, são registrados 17 casos por dia no estado do Rio.

De olho nas próximas gerações de consumidores, a Asserj lança no ano que vem uma organização com foco na capacitação de gerentes e operadores para as transformações do setor com as novas tecnologias. O “Ideia” vai preparar os supermercados para novas experiências de consumo, como explicou o presidente da entidade Fábio Queiroz.

Quase seis meses após a lei que proíbe sacolas plásticas convencionais no estado, a Asserj observou uma redução de cerca de 44% dos produtos nos supermercados que estão cobrando o preço de custo pelas retornáveis. Quase 880 milhões de sacolas deixaram de ser distribuídas e, a partir de janeiro, a oferta gratuita das biodegradáveis também deve deixar de acontecer.

Fonte: Emily Almeida – Bandnews FM

Deixe uma resposta