09 maio 2019

Big Data: Analisar dados pode ser uma das formas mais efetivas de entender o dia a dia das empresas

Se inovar é a palavra-chave para soluções futuras, as ferramentas digitais são grandes aliadas do tema. Para ir além de expandir uma empresa, é preciso saber como fazer esse processo de evolução. Analisar dados pode ser uma das formas mais efetivas de entender o dia a dia de uma organização e de encontrar os desafios a serem superados pela equipe.

Os consultores da Falconi, empresa líder em consultoria de gestão no Brasil abordaram um assunto essencial na 31ª Super Rio Expofood para a constante busca em inovação: Big Data. O termo significa um conjunto de dados gerados e armazenados em um tempo inferior ao dos aplicativos comuns de análise.

Data Analytics

Uma pesquisa realizada pelo Gartner em 2018, com mais de 3 mil líderes de empresas do varejo, concluiu que o Data Analytics é uma das principais ferramentas quando o assunto é tecnologia para a transformação do negócio. Segundo o estudo, 46% dos CEOs brasileiros já mudaram seus modelos de negócios para o digital. “As empresas do mercado varejista, em função de sua característica granular, são grandes produtoras de dados, que se bem analisados podem aumentar de forma impactante a eficiência do negócio”, complementa Rafael Tiercelin, um dos sócios da Falconi.

Mas, se a pergunta é como resgatar esses dados, a resposta talvez não seja o esperado: não dá para fazer sozinho. São necessárias soluções de gestão, alinhadas com ferramentas que possibilitam uma maior capacidade e velocidade de análise, como o KNIME, Alteryx e Tableau.  “Na Falconi, utilizamos soluções para aumento de eficiência de itens, como engajamento, conversão, pricing, ruptura, desempenho logística, otimização de gastos, entre outros, em nossos clientes”, explica Rafael.

Para ele, são metodologias de gestão inovadoras, somadas com ferramentas de analytics e solução de tecnologia, que permitem às empresas incorporar nas suas rotinas esses ganhos de eficiência de forma recorrente. O que ela ganha com isso? A organização vai sempre estar um passo à frente de seu concorrente no que diz respeito à utilização de seus recursos e no relacionamento com o cliente.

  Coluna publicada na revista SUPER NEGÓCIOS (maio)

Deixe uma resposta