04 abr 2018

Supertech traz as novidades tecnológicas do varejo para o Rio de Janeiro

Os hábitos de compra estão mudando com o desenvolvimento da tecnologia e as empresas de varejo devem estar atentas às novas tendências. Por isso, a Associação dos Supermercados do Rio de Janeiro (Asserj) organiza no dia 7 de junho o SuperTech, Primeiro Encontro de Tecnologia da Asserj, com palestras e exposição de soluções tecnológicas inovadoras que estão por vir e outras que já começam a aparecer, inclusive nos supermercados brasileiros.

Seja através de formas inovadoras de pagamento, compra online ou uso de aplicativos, o setor de varejo está aprendendo aos poucos novas formas de usar dados e inteligência. Em janeiro, a Asserj conferiu as novidades da NRF Retail´s Big Show, em Nova York e levantou algumas tendências que nortearão a programação do SuperTech.

Cinco apostas tecnológicas do varejo para 2018

Veja um resumo da apuração da Forbes na NRF Show

1) Experiências personalizadas.

A personalização continua sendo um ponto focal em 2018. Tornar a experiência de compra única para aquele consumidor, naquele momento e da forma mais conveniente está no radar das empresas. Junto à personalização proporcionada pelo Big Data é preciso investir na humanização da relação empresa-consumidor.

2) Conexão das experiências físicas e online

O varejo ‘omnichannel’ conecta os dados sobre comportamentos online e off-line. Há uma tendência da compra virtual e retirada na loja física, que em inglês é conhecida como BOPUS –  “buy online, pick up in store” e isso é bem latente no caso de venda de roupas, em que experimentar uma peça é fator decisivo para a compra. O acesso virtual ao inventário das lojas da rede também é uma estratégia para evitar que o consumidor deixe a loja sem comprar o item desejado.

3) A força dos assistentes Amazon Alexa, Google Home e outros.

A possibilidade de dar o comando de voz para um aparelho e ter o produto em casa deve virar rotina na vida do consumidor, especialmente para itens de consumo diário. Menos para itens mais caros e da indústria da moda. Os robôs são fontes preciosas para coleta de dados e análises (deep learning e deeper analytics).

4) A Inteligência Artificial (AI) está amadurecendo e cada vez mais o varejo adota aplicativos inteligentes.

2018 é o ano de grande desenvolvimento da Inteligência Artificial e cada vez mais varejistas começarão a usar o seu poder em diversas áreas do setor e na experiência de ecommerce. Robôs e máquinas entendendo e solucionando problemas do consumidor de forma inteligente é uma tendência.

5) Personalização, mídias sociais e o Amazon Marketing Services são as aquisições mais desejadas para 2018

Estratégias de marketing personalizadas para aquisição, Engajamento e retenção, estão cada vez mais viáveis com as ações de cientistas de dados para entender a gigantesca base online dos consumidores e conectá-la com o comportamento off-line. Mídias sociais estã no topo do ranking das prioridades de marketing, bem como Amazon Marketing Services, além de anúncios no Google e Facebook.

 

Deixe uma resposta