05 nov 2018

Prezunic forma colaboradores nos ensinos fundamental e médio e reforça compromisso social com profissionais da empresa

Não são poucos os motivos que levam uma pessoa a adiar os estudos e entrar no mercado de trabalho. Ajudar no orçamento doméstico, criação dos filhos, sustentar a família e a oportunidade de aprender uma profissão são alguns exemplos que fazem com que muitos cumpram uma extensa trajetória profissional e acabem deixando a escola de lado. Com o objetivo de contribuir na formação de seus colaboradores e ampliar sua capacitação, a rede carioca de supermercados Prezunic desenvolve, há 14 anos, o projeto Educa Mais, que formou nesta segunda-feira (05/11), em sua loja formadora, na Barra da Tijuca, mais de 110 funcionários no ensino fundamental e médio.

De acordo com Ana Behrens, gerente de Recursos Humanos do Prezunic, o Educa Mais é um trabalho social que promove duas aulas escolares semanais, com cerca de duas horas cada, durante o expediente dos colaboradores. “Identificamos que muitos dos nossos profissionais, principalmente os que têm mais tempo de casa, não tiveram a chance de concluir seus estudos justamente pela dedicação ao trabalho. É nosso papel contribuir socialmente com esses colaboradores e não apenas apoia-los na sua formação educacional, mas também investir cada vez mais na sua capacitação. Esse é um dos principais caminhos para alcançar os resultados que desejamos”, afirma.

Segundo a gerente, sete orientadoras graduadas em pedagogia percorrem as 31 lojas da rede na região metropolitana do Rio de Janeiro para atender aos colaboradores, que são liberados mais cedo de suas funções conforme a demanda.

“Essa iniciativa ampliou ainda mais o vínculo afetivo entre eles e a empresa e isso reflete diretamente em um melhor clima organizacional, além de contribuir na performance de cada profissional. Temos colaboradores da área de operação de todos os níveis. Muitos assumiram cargos de liderança e não tiveram como adaptar o tempo para seguir com os estudos. É gratificante acompanhar o desempenho de cada um e ver o quão longe podem chegar”, expôs.

 

 

 

 

Deixe uma resposta