01 ago 2018

Prezunic é a 3ª melhor empresa para se trabalhar no Rio de Janeiro pelo segundo ano consecutivo

O Prezunic conquistou, pelo segundo ano consecutivo, a 3º posição entre as melhores empresas para se trabalhar no Rio de Janeiro. A edição 2018 do prêmio Great Place to Work (GPTW) aconteceu na noite desta terça-feira (31/07), no Vivo Rio, no Aterro do Flamengo. Essa foi a nona vez que a rede carioca de supermercados alcançou destaque no ranking. Com 31 lojas, dois escritórios administrativos e um Centro de Distribuição, o Prezunic completou 16 anos em maio.

De acordo com a gerente de Recursos Humanos do Prezunic, Ana Behrens, a premiação confirma a efetividade das políticas de valorização dos colaboradores. “Estamos em festa e esse ranking é um motivo de muito orgulho para todos nós. Empregamos diretamente cerca de 7 mil pessoas. Nosso foco é gente, esse é nosso principal ativo. Colaboradores ou clientes. Nós trabalhamos para pessoas” – afirma.

Ana relata quatro fatores essenciais para fazer de uma empresa um bom lugar para se trabalhar: liderança presente, próxima e acessível; comunicação direta e transparente; gestão de talentos bem estruturada com ciclo de desempenho e oportunidade de carreira.

“Nossos líderes são comunicados antes de qualquer tomada de decisão de grande impacto, temos práticas de gestão bem definidos que permitem que todos conheçam os resultados da empresa, quais oportunidades de carreira e treinamentos estão acontecendo, quais são nossos benefícios e o quão estão compatíveis estão com o mercado. Neste rituais, primamos também por reconhecer e comemorar pessoas e resultados, fortalecendo nossa cultura, tudo com simplicidade e explicando o porquê. Ganhamos com isso, além do bom clima organizacional, baixa rotatividade, qualidade no atendimento a clientes, profissionais aderentes a nossos valores e processos e o crescente resultado que estamos atingindo em 2018, crescendo share e clientes mês a mês”.


Ana explica que o maior desafio nos tempos atuais é gerir talentos em um cenário onde planejamentos estratégicos dos negócios têm velocidade cada vez maior. “Ter um plano revisado trimestralmente – e não ter medo de corrigir o roteiro mediante resultados e tendências – é a melhor forma de ter uma cultura de comportamentos que suportem este plano. O processo de gestão de desempenho no Prezunic é bem maduro e os ciclos de feedbacks são trimestrais (ciclos formais) e estimulados diariamente com treinamentos de feedback e avaliação confidencial, além da cultura de portas abertas dos nossos líderes. Desta forma, conseguimos corrigir performances e condutas mais facilmente e ter profissionais mais desafiados e bem preparados” – explica.

Atualmente, 95% das vagas de liderança da empresa são preenchidas por colaboradores promovidos internamente, assim como 95% dos cargos intermediários. “Isso significa, por exemplo, que todos os gerentes das lojas Prezunic são formados dentro da própria empresa, com amplo conhecimento da cultura praticada aqui” – relata.

Diversidade – A rede Prezunic vem investindo fortemente nas práticas de diversidade e inclusão, seguindo as diretrizes da Cencosud, um dos maiores grupos varejistas da América Latina, com mais de 50 anos de expertise no setor. “Todas as pessoas são bem-vindas no Prezunic, independente da raça, idade, religião, orientação sexual, gênero, etnia ou qualquer outra característica. Buscamos por profissionais éticos e com foco em resultados melhores a cada dia” – enfatiza a gerente de RH. A empresa prepara os colaboradores para receber e respeitar novos profissionais com treinamento, vídeos de capacitação sobre o tema e a Política da Diversidade Declarada. Um código de ética interno reforça as normas de procedimento do grupo. Entre elas, há um termo que impede a discriminação em qualquer circunstância, valoriza a diversidade e chama os colaboradores a fazer denúncias diante de condutas irregulares.


Todas as pessoas admitidas na empresa passam por uma etapa de capacitação onde os temas diversidade e inclusão são estimulados e reforçados como parte da nossa cultura de respeito e cuidado com as pessoas. A Cencosud possui, ainda, uma comunidade da Diversidade e Inclusão. Além disso, um canal direto de denúncias está à disposição dos profissionais, que fazem, anualmente, uma pesquisa de clima organizacional. O grupo produz e disponibiliza para todos os colaboradores e pessoas recém admitidas vídeos educativos e cursos sobre diversidade e inclusão. Nenhum comportamento discriminatório é permitido.

“Também vale destacar nossa política de valorização das mulheres, que representam hoje 56% dos nossos quadro total e 50% do nosso quadro diretivo, que toma decisões na nossa empresa, além da contratação de pessoas com mais de 50 anos de idade, o que já nos rendeu um reconhecimento especial no ranking GPTW. Hoje, 24% dos nossos colaboradores têm mais de 50 anos” – diz. “Além de proporcionar a inclusão, também trazemos a diversidade para o próprio time, a troca de ideias, de experiências, o que refletem positivamente nas atividades, no relacionamento com colegas e no atendimento ao cliente, sendo um diferencial competitivo” – se orgulha.

Capacitação – A excelência e constante desenvolvimento dos profissionais são fundamentais para todas as empresas, em especial na área do varejo, que lida diretamente com os consumidores. Para isso, é fundamental investir em treinamentos e cursos, presenciais e virtuais, com o objetivo de disseminar as diretrizes das companhias. A Cencosud Brasil desenvolveu uma plataforma de capacitação à distância que possibilita aos colaboradores fazer cursos e-learning: o Campus Cencosud. Por meio dessa plataforma, são oferecidos cursos interativos e diversos treinamentos com flexibilização do tempo, já que o colaborador pode seguir o seu próprio ritmo de aprendizagem.

Além disso, o Campus Cencosud permite que a capacitação seja feita no próprio local de trabalho, ou seja, o colaborador utiliza o tempo de sua carga horária para se dedicar aos cursos. Atualmente, estão disponíveis 90 cursos diferentes, sendo que outros 20 serão oferecidos ao longo do ano e há previsão de mais 15 novos cursos até o final de 2018. Inaugurado em março de 2017, até o final do ano passado foram contabilizadas cerca de 60 mil horas de capacitação e um total de 13 mil colaboradores realizaram pelo menos um treinamento. Em média, cada colaborador realizou oito cursos no período.

“Mais de 80% da produção dos treinamentos é feita internamente com temas distribuídos nas escolas de Varejo, Cultura, Liderança e Negócio. E, para estimular a participação dos colaboradores, divulgamos todos os cursos disponíveis ao longo do ano e comunicamos cada um periodicamente por e-mail ou cartazes nas lojas. O que mais me orgulha na capacitação é a nossa loja Formadora, na Barra da Tijuca. Lá, formamos  os novos colaboradores antes de assumirem seus postos de trabalho e reciclamos aqueles que estão com baixa performance. Durante esse período, o colaborador é acompanhado por um formador que foi devidamente preparado para recebe-los. Nós do Prezunic entendemos que nosso maior valor é Gente e mantê-los atualizados e felizes é o caminho mais curto para gerar resultados – expõe.

 

 

Deixe uma resposta