28 jun 2018

Entrevista com youtuber Raka Minelli

Conversamos com a carioca Raquel Minelli, ela faz sucesso nas redes sociais onde compartilha a sua rotina de mãe e blogueira de assuntos relacionados ao universo feminino. Seu canal no Youtube tem mais de 700 mil inscritos! Raka, como é conhecida, é designer de joias, e contou para a ASSERJ a sua visão sobre os supermercados. Confira!

– Como é a sua relação com os supermercados?

Eu super vivo em supermercado! Muita gente diz que odeia e não faz compras, mas eu desde cedo ia ao supermercado com a minha mãe, e sempre gostei. Hoje, devido ao meu trabalho nas redes sócias já fiz alguns projetos com supermercados, como o Guanabara e Zona Sul. Estou inclusive estudando uma nova proposta com o Mundial.

– Conte a sua rotina hoje nos supermercados, costuma comprar online?

Eu gosto de fazer compras sozinha, eu foco e avalio os preços. Quando não tenho com quem deixar o meu filho Davi ele vai junto.

O Guanabara e o Mundial fazem mais parte do meu dia a dia. São dois mercados que eu sei que são mais baratos, são mais para a compra do mês. Eu e meu marido sempre usamos aplicativo de supermercados para ver as promoções, como o do Pão de Açúcar, Extra, Zona Sul. As ofertas são melhores para quem tem o app. Você ativa aquela oferta, fornece seu CPF e ganha um desconto maior.

Já fiz compra online no SuperPrix, eles entraram em contato comigo para eu testar, achei interessante, porque você pode escolher a hora e o dia da entrega. Mas para compras maiores eu prefiro ver pessoalmente, pesquisar, olhar a validade etc.

– Qual é a sua sessão preferida?

Há muito tempo atrás ia muito na sessão de perfumaria, mas hoje passo longe porque trabalho com isso. Geralmente gosto da sessão de queijos e frios, porque os valores são mais altos e gosto de pesquisar, até mesmo para o meu filho.

– Seu filho participa da sua rotina no supermercado?

Sim! Tento fazer com que ele esteja presente em tudo, ele tem noção que não é não. Quando chego em casa ele me ajuda a guardar as compras. Vou dar uma sugestão que ajudaria muito as mães, claro que tudo depende da idade do filho, fase, educação, mas acho que seria muito valido os supermercados investirem em uma área Kids. Se tivesse uma salinha com uma recreadora, com uma TV etc. O Davi fica no carrinho, mas tem criança que não fica. Seria um diferencial para o primeiro supermercado que fizesse.

Siga no Instagram: https://www.instagram.com/rakaminelli/

Deixe uma resposta