15 maio 2018

Grupo Carrefour Brasil registra crescimento em todas as operações no primeiro trimestre de 2018

No período, as vendas brutas da companhia subiram 6% e o resultado líquido cresceu 74%, consolidando sua liderança no varejo alimentar brasileiro

  •        Receita bruta de R$ 13,0 bilhões, alta de 6%
  •        Lucro líquido de R$ 280 milhões, crescimento de 74%
  •        GMV do e-commerce cresceu 103%*
  •        1,2 milhão de cartões Atacadão
  •        Inauguração de quatro lojas de autosserviço do Atacadão

* volume de vendas que inclui outras receitas e a operação de marketplace

O Grupo Carrefour Brasil consolidou sua posição de liderança no varejo alimentar brasileiro no primeiro trimestre de 2018, com alta de 6% nas vendas brutas para R$ 13,0 bilhões, apesar da persistente deflação de alimentos. O lucro líquido atribuído aos acionistas subiu 74% para R$ 280 milhões se o EBITDA – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – atingiu alta de 16,3% para R$ 843 milhões, com crescimento em todas as operações nos três primeiros meses do ano. Nos últimos 12 meses, abrimos lojas de todas as bandeiras, incluindo 12 lojas do Atacadão, quatro delas no primeiro trimestre, reinauguramos o hipermercado Pamplona, em São Paulo (SP), inauguramos nosso primeiro supermercado Carrefour Market, além de 42 lojas de conveniência sob a bandeira Carrefour Express, duas drogarias e dois postos de combustível. Tudo isso alavancou o crescimento das áreas de vendas em 5% no total e em 8,5% no Atacadão.

“O Grupo Carrefour Brasil apresentou novamente um sólido desempenho nesse primeiro trimestre do ano e manteve sua liderança no mercado brasileiro, demonstrando a força do nosso modelo multiformato e multicanal. A expansão do Atacadão e o contínuo crescimento do e-commerce impulsionaram o crescimento de 6% nas vendas brutas, apesar da persistente deflação dos alimentos, enquanto ganhos de produtividade e rígido controle de custos nos ajudaram a registrar aumento de 74% do lucro líquido e forte aumento da rentabilidade”, destaca Noël Prioux, CEO do Grupo Carrefour Brasil.

Atacadão
As vendas brutas do Atacadão, maior atacadista brasileiro em número de lojas e com presença em todos os Estados, cresceram 5,7% no primeiro trimestre para R$ 8,4 bilhões. Esse aumento foi sustentado pelos ganhos contínuos nos volumes de vendas, que compensaram a persistente deflação de alimentos, em especial das commodities. A partir da liderança em posicionamento de preço, reportou sólida alta de 15,9% no EBITDA nos três primeiros meses do ano.

Carrefour Varejo
Já as vendas da operação de varejo do Carrefour subiram 6,6%, para R$ 4,6 bilhões, no primeiro trimestre, com destaque para as vendas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos que se mantiveram sólidas, com crescimento de dois dígitos, como resultado das contínuas iniciativas para dinamizar as vendas nos hipermercados. O e-commerce foi o segmento que mais cresceu dentro do varejo da companhia, representando 6,3% das vendas – no primeiro trimestre de 2017, representava pouco mais de 3% das vendas. O GMV– volume de vendas que inclui outras receitas e a operação de marketplace– cresceu103% no trimestre. O braço de varejo do Carrefour registrou aumento de 7% no EBTIDA ajustado no período, em função das melhorias de eficiência e rígido controle de despesas que ajudaram a compensar a deflação de alimentos.

O Carrefour continua aumentando gradativamente a qualidade da oferta, sobretudo de alimentos frescos, focando também no sortimento de itens não alimentares em categorias nas quais o cliente reconhece a relevância da rede. O Meu Carrefour, programa de descontos para os formatos e canais de varejo, registra forte crescimento de clientes cadastrados desde outubro de 2017, quando foi lançado. A base de clientes alcançou 6,3 milhões, com mais de 1,1 milhão de downloads do aplicativo, e a meta para o final deste ano é atingir 9 milhões de clientes cadastrados.

Carrefour Soluções Financeiras
No primeiro trimestre de 2018, o faturamento do Banco Carrefour foi de R$ 5,8 bilhões, alta de 37,5% com relação ao mesmo período do ano anterior. O faturamento do cartão de crédito Carrefour foi R$ 4,5 bilhões, aumento de 11,3%, enquanto o do cartão Atacadão atingiu R$ 1,1 bilhão, apenas seis meses depois de ser aceito em todas as lojas. O cartão Atacadão já representa 20% do total de faturamento de cartões da companhia. A carteira de crédito total cresceu 23,6%, atingindo R$ 6,6 bilhões ao final de março, e o volume total de cartões alcançou os 7,3 milhões, sendo 1,2 milhão de cartões Atacadão. Já a receita subiu 8,7% para R$ 574 milhões, apesar da queda nas taxas de juros. O Carrefour Soluções Financeiras registrou crescimento de 25% do EBITDA, apesar da queda na taxa de juros no período.

Prioridades para 2018 alinhadas com o plano Carrefour 2022
Para este ano, a companhia definiu quatro prioridades. A primeira delas, voltada à aceleração da expansão, prevê o investimento já anunciado de R$ 1,8 bilhão para a inauguração de 20 novas lojas de autosserviço do Atacadão, 20 unidades do Carrefour Express e 10 lojas do Carrefour Market.

A segunda prioridade definida para 2018 é intensificar o desenvolvimento da estratégia omnicanal, apoiado no crescimento continuo das vendas do e-commerce, sobretudo via marketplace, e no início das operações dos serviços ‘Retire de Carro’ e ‘Clique & Retire’. Os serviços possibilitam a retirada em loja de itens alimentares e não alimentares, respectivamente, comprados pelo site do Carrefour. Até o final do ano, o Clique & Retire estará disponível em todos os hipermercados da rede. Já o Retire Carro será expandido para outras lojas da Grande São Paulo. A operação de marketplace, por sua vez, deve atingir 20% do GMV do e-commerce, triplicando o total de vendedores para 600 até o final deste ano.

A terceira prioridade é a ampliação da oferta de serviços financeiros, por meio da expansão do cartão Atacadão para chegar a 2 milhões de clientes e do lançamento da carteira digital até o final de 2018.A quarta prioridade envolve a contínua diferenciação por meio da qualidade da oferta alimentar, revitalizando o sortimento da marca própria com foco em alimentação saudável e desenvolvendo a oferta de produtos locais e orgânicos.

“Seguiremos focados na implementação do plano de transformação, Carrefour 2022, que inclui: expansão contínua do Atacadão, do novo formato de supermercado Carrefour Market e das lojas de conveniência; aprimoramento da estratégia omnicanal e digital; e atingir ponto de equilíbrio do cartão Atacadão, cuja penetração segue crescendo de maneira impressionante”, ressalta Prioux.

Resultados consolidados

Deixe uma resposta