26 jan 2018

“CARREFOUR 2022”: UMA NOVA AMBIÇÃO PARA O GRUPO

“Os intensivos métodos de produção atingiram seus limites. Os consumidores nunca estiveram tão preocupados com o que comem. Querem mais informações, qualidade e transparência em toda a cadeia alimentar.” Com essa declaração, o Grupo Carrefour apresentou nesta semana seu plano de transformação, o “Carrefour 2022”, e com adaptações no seu modelo e sua estrutura organizacional, almeja ser o líder mundial da transição alimentar para todos.

“Tenho uma grande ambição para o Carrefour: tornar-se o líder mundial da transição alimentar oferecendo aos nossos clientes, todos os dias e em qualquer lugar, alimentos de qualidade e confiança a um preço justo. Para tanto, e para recuperar uma dinâmica de sucesso, devemos reformular o nosso modelo, simplificando a nossa estrutura organizacional e nos abrindo a parcerias, melhorando a nossa eficiência operacional, investindo nos nossos formatos de sucesso, construindo um modelo omnicanal eficiente e desenvolvendo a nossa oferta de produtos frescos e orgânicos, principalmente sob a marca Carrefour”, revelou Alexandre Bompard, CEO do Grupo Carrefour.

A companhia seguirá 4 pilares para alcançar seu objetivo, e para isso, importantes medidas serão implementadas, como a racionalização dos escritórios em todos os países onde atua, estará mais aberta a seus clientes e parceiros externos, meta de economia de 2 bilhões de euros, fechamento de 273 lojas ex-DIA, aumento significativo dos investimentos em TI e tecnologias digitais, aumento dos investimentos em supply chain, reformulação da oferta a serviço da qualidade dos alimentos, abertura pelo menos 2.000 lojas de proximidade nos próximos cinco anos, entre outras.

Esta grande ambição se apoia em fortes compromissos: garantir aos clientes produtos acessíveis, atuando para democratizar os produtos orgânicos, reforçar a luta contra o desperdício de alimentos e melhorar a sustentabilidade das embalagens e, sobretudo, assegurar a segurança alimentar.

Conheça os 4 pilares que fazem parte do plano de transformação do Carrefour

1) Implementar uma estrutura organizacional simplificada e aberta

Para tirar o melhor proveito de seus ativos – multipaíses, multiformatos e multicanais – o Grupo simplifica sua estrutura organizacional e se abre ainda mais para a formação de parcerias, alavancas de crescimento e inovação:

– Racionalização dos escritórios do Grupo na região de Île-de-France;

– Plano de demissão voluntária na França para 2.400 pessoas;

– Desenvolvimento de novas parcerias à semelhança dos recentes acordos com a Fnac-Darty, Showroomprivé e com a Tencent, na China, parceria anunciada hoje.

2) Atingir ganhos de produtividade e competitividade

Para investir no crescimento e melhorar sua competitividade de preço, o Carrefour reforça sua seletividade na alocação de seus recursos e sua disciplina financeira:

– Orçamento global de investimentos de 2 bilhões de euros por ano;

– Investimentos na competitividade comercial e no desenvolvimento dos produtos da sua marca própria;

– Redução de custos de 2 bilhões de euros a partir de 2020 em base anual;

– Plano de fechamento de 273 lojas ex-DIA.

3) Criar um universo omnicanal de referência

O Grupo quer se tornar referência no universo omnicanal ao investir em seus formatos de sucesso, tornando-se líder em e-commerce alimentar e se apoiando no poder de sua marca:

– Abertura de 2.000 lojas de proximidade nos próximos 5 anos nas grandes metrópoles;

– Aceleração do formato de cash&carry com 20 novas lojas Atacadão por ano no Brasil, conversão de 16 hipermercados em Maxi na Argentina, e expansão do Promocash na França;

– Investimento massivo em tecnologias digitais de cerca de 2,8 bilhões de euros até 2022;

– Lançamento, em 2018, de uma plataforma de vendas única na França, o Carrefour.fr;

– Meta de 5 bilhões de euros em volume de negócios no e-commerce alimentar até 2022.

4) Reformulação da oferta a serviço da qualidade dos alimentos

O Carrefour tem a ambição de oferecer a todos os consumidores, diariamente, uma alimentação de qualidade, confiável, acessível em qualquer lugar e a um preço justo:

– Um milhão de consumidores adicionais para produtos frescos na França até 2022;

– Crescimento três vezes maior das vendas de produtos frescos em relação às vendas de PGC até 2022;

– Meta de 5 bilhões de euros em vendas de produtos orgânicos em 2022;

– Um terço do volume de negócios correspondente aos produtos da marca Carrefour até 2022.

Política financeira

 Com o “Carrefour 2022”, o Grupo lança um profundo plano de transformação visando crescimento lucrativo e sustentável. O crescimento do Carrefour será sustentado por sua liderança no setor alimentar e também pelo desenvolvimento de uma oferta omnicanal e de preço competitivo de referência.

A partir de 2018, O Grupo lança um plano de eficiência vigoroso que visa à geração de economia de 2 bilhões de euros por ano até 2020. Além disso, a fim de melhorar a geração de free cash-flow, o Carrefour implementará a uma gestão ativa de sua necessidade de capital, principalmente por meio da otimização dos níveis de estoque, bem como da melhor eficiência de seus investimentos. Os investimentos serão reforçados nas prioridades estratégicas do Grupo e devem representar 2 bilhões de euros por ano a partir de 2018.

 

Deixe uma resposta