vinho-asserj
10 fev 2017

Supermercados apostam no vinho para o verão e lançam campanhas e descontos especiais

Altas temperaturas e muito calor no Rio de Janeiro só podem combinar com uma cervejinha gelada, correto? Nem sempre. Verão também é época de beber vinho! Há uma tendência mostrando que os brasileiros e especialmente os cariocas já estão aderindo o vinho. Espumantes e vinhos brancos ganham espaço nas mesas de restaurantes e nas gôndolas dos supermercados como ótimas pedidas para amenizar o calor e harmonizar com diversos tipos de pratos e aperitivos.

vinhos-supermercados-asserj

A rede de supermercados Mundial é uma das que já promovem ações baseadas nessa mudança de comportamento. Promovido anualmente em fevereiro, o tradicional Festival de Espumantes possibilita que os consumidores encontrem um mix diversificado de espumantes e vinhos brancos com descontos de até 30%. O festival promete movimentar as vendas da rede no período que antecede o Carnaval.

No Pão de Açúcar, a aposta são os espumantes nacionais. Leves, harmonizam com saladas e podem ser consumidos nos mais diferentes momentos, como um almoço informal ou um jantar de negócios.  

Levemente refrigerados e servidos em diferentes harmonizações – inclusive com opções levíssimas, como saladas – Carlos Cabral, enófilo e consultor de vinhos do Pão de Açúcar, dá dicas para não errar neste verão. A primeira delas é quanto a temperatura correta: “Os tintos devem ser servidos entre, aproximadamente, 15º e 18º. Já os brancos entre cerca de 10º e 12º. Basta colocá-los meia hora na porta da geladeira ou em um balde de gelo”.

“O espumante tem também benefícios à saúde. Consumido moderadamente, estimula o apetite e melhora a digestão em razão da presença do gás carbônico, magnésio e potássio”, explica Cabral. Os tintos, considerados erroneamente como o inverso do verão, são excelentes dicas para o verão desde que sejam leves – como o  Pinot Noir, e os Vinhos Verdes tintos.

No SuperPrix, o espumante Rio Sol será vendido com desconto até o dia 14 de fevereiro. Além das lojas físicas, os consumidores podem comprar também no e-commerce da rede.

Deixe uma resposta