13 dez 2018

Supermercadistas e executivos da indústria batem um bolão no Maracanã

Na última quarta (12) supermercadistas do Rio de Janeiro e executivos da indústria alimentícia viveram a real experiência de um jogador de futebol profissional. A primeira edição da Copa Chinezinho Super Rio é uma realização da ASSERJ, Chinezinho e Escala Eventos, e proporcionou um torneio de futebol inesquecível para os  convidados no maior estádio do Brasil, e claro, muita aproximação entre os executivos do setor.

Dia de jogador de futebol: convidados no vestiário do Maracanã (Fixa Fotografia)

“O objetivo da Copa Chinezinho Super Rio é proporcionar um dia de jogador para nossos convidados, e isso foi extremamente cumprido. Desde a troca no vestiário, a entrada no gramado do Maracanã, o perfil para as fotos, e o jogo nesse palco sagrado. Um evento como esse aproxima as pessoas, gera relacionamento e também negócios e oportunidades. Juntar os supermercadistas e a indústria foi mais um golaço da Super Rio Expofood.”, comemora Fábio Queiróz, presidente da ASSERJ, e vice-presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS).

Sérgio Duarte, sócio-proprietário da Vitalis/Ema, empresa fabricante dos produtos Chinezinho, ressaltou a importância da iniciativa, e confirmou que haverá outras edições. “A Chinezinho é uma empresa carioca com muito orgulho, e a ASSERJ uma parceira de longa data, então nesse período de renascimento do Rio de Janeiro, pensamos em um evento que pudesse valorizar tudo isso. E não tem nada que seja mais a cara da cidade do que o Maracanã. Queremos que o evento entre para o calendário da cidade.”, afirmou o empresário.

Fábio Queiróz, presidente da ASSERJ, e Sérgio Duarte, dono da indústria de alimentos Chinezinho

A Copa Chinezinho Super Rio foi prestigiada por craques do futebol que também entraram em campo. Os convidados tiveram a oportunidade de dividir a bola com ninguém menos que Andrade, Iranildo, Nélio e Leandro Ávila. “Hoje é um dia muito especial, não só para mim, mas para toda essa galera que veio viver essa experiência”, disse Andrade, ex-técnico do Flamengo.

João Batista Nunes (Fixa Fotografia)

Jorge Luís Andrade (Fixa Fotografia)

Iranildo e seu filho Yago

Nélio da Silva Melo (Fixa Fotografia)

Nunes, eterno artilheiro das decisões e ídolo do Flamengo,aproveitou a ocasião para tornar conhecida a causa do menino Nathan Patryzk, de 14 anos, portador da Distrofia Muscular de Duchenne. Nathan, que reside no Paraná, precisa de ajuda financeira para o tratamento com células-tronco. Esse procedimento é paliativo, já que a doença não tem cura. Nathan deu o pontapé inicial da partida e assistiu os jogos do gramado com sua família. “Dia inesquecível no Maracanã. Obrigado a todos os amigos que organizaram esse evento e me presentearam com que eu participasse desse dia mto especial”, disse. Para conhecer e ajudar a causa clique aqui.

O menino Nathan posa com os ex-jogadores, convidados e o presidente da ASSERJ, Fábio Queiróz (Fixa Fotografia)

OS JOGOS

Os convidados chegaram cedo ao Maracanã, por volta das 8h30, e foram recepcionados com café da manhã com sanduíches da Pecpão e frutas frescas da Benassi. Em seguida fizeram a concentração no vestiário do Maracanã, e às 9h30 os jogos começaram. Eles foram divididos em quatro times (verde, vermelho, preto e branco) e suaram a camisa para definir quem seria o campeão do torneio. Veja o placar:

Jogo 1 – branco x vermelho: 2 x 1
Jogo 2 – preto x verde: 3 x 2
Final – branco x preto: 1 x 1

Pênaltis:
Branco – 1 x 1 1 1
Preto – 1 x x 1

Vitória: Time Branco
2º lugar: Time Preto
3º lugar: Time Vermelho
4º lugar: Time Verde

“Foi uma iniciativa maravilhosa da ASSERJ junto com a Chinezinho. Ficamos muito felizes e honrados com o convite. Estamos encontrando muita gente que não conseguimos no dia a dia. E hoje estou realizando um sonho de criança, porque eu cresci a vida inteira vindo ao Maracanã, e sempre tive o sonho de pisar e jogar no gramado.”, afirmou Ricardo Marcolan, diretor comercial da Redeconomia (Superpax).

Empresários da indústria alimentícia reconheceram a importância da confraternização com os supermercadistas.
“É uma sensação única jogar no templo sagrado, um sonho de infância, e estar com os amigos, profissionais impecáveis que a gente admira muito, celebrando o ano de 2018 está sendo único. Está tudo muito bem organizado, dando tudo certo”, disse Thiago Monteiro, diretor Comercial da Golden Foods, empresa que estreou na Super Rio Expofood este ano, e já confirmou presença na próxima edição.

Após as partidas e comemorações, os convidados foram recepcionados por um almoço especial: muito churrasco ao som da banda Samba Social Clube para a famosa “resenha” pós jogo. “O Maracanã e a ASSERJ tem uma agenda em comum, que é incentivar a economia do Rio de Janeiro, cada um dentro do seu segmento. As empresas que a ASSERJ colocou aqui dentro estão descobrindo o Maracanã para fazer eventos, porque não vivemos somente do futebol”, destacou Mauro Darzé, presidente do Consórcio Maracanã.

Sobre a SUPER RIO EXPOFOOD

Entre os dias 19 e 21 de março acontecerá a 31ª edição da Super Rio Expofood nos pavilhões 3 e 4 do Riocentro com o tema “Conexões: Humanas, profissionais e tecnológicas”. A feira, realizada pela ASSERJ (Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro) e Escala Eventos, é o maior Trade Show da América Latina. Supermercadistas, empresários, fornecedores e indústrias do setor estarão presentes no evento.

Deixe uma resposta