16-06
22 jun 2017

Antonia Leite Barbosa revela seus achados no Supermercado

A entrevista dessa semana é com Antonia Leite Barbosa, autora da Agenda Carioca e da Agendinha Carioca, guias com as melhores dicas de lugares, programas e profissionais da capital do Rio. Antonia apresenta a Agenda Carioca também na Rádio Sulamérica Paradiso FM, com boletins diários sobre o que há de melhor no Rio em termos de compras e serviços. Ela bateu um papo conosco sobre sua relação com supermercado, e claro, deu muitas dicas!

Falando em Supermercado, qual é a sua primeira lembrança de infância?

Lembro de uma fase de ir ao supermercado com a minha mãe, entrar dentro do carrinho… uma lembrança afetiva mesmo. Mas a lembrança mais marcante é que, como sou a filha mais velha de três irmãos, minha mãe precisava muito da minha ajuda, então, quando eu tinha 13 anos de idade, ela me deu o cartão de crédito para eu cuidar das compras da casa. Eu não via aquilo como uma obrigação, isso aumentou minha autoconfiança, independência e autoestima.
Em uma idade em que as minhas amigas não tinham esse tipo de responsabilidade, por exemplo, eu já estava me tornando apta a fazer boas escolhas, como se fosse uma mulher adulta.
Na época, fazia as compras no Supermercado Princesa, que era próximo a nossa casa. 

Hoje em dia, como é a sua relação com o supermercado?

Tenho dois filhos homens que vão muito ao mercado comigo. Um dia eles terão que ir ao supermercado sozinhos, não é coisa só de mulher. Um fato interessante foi que a professora do meu filho disse que ele precisava treinar caligrafia, e falou para eu ensiná-lo a fazer a lista do supermercado. Eu achei ótimo, pois ele está contribuindo para a casa, sabe que tem um propósito! Está aprendendo português e terá uma recompensa por isso.

Hoje faço 40% da compra do mês online, acho muito prático, é fantástico! Às vezes compro antes de dormir e no dia seguinte já estou recebendo, sem surpresas. Tudo muito bem empacotado… Recentemente o Hortifrúti inaugurou uma loja perto da minha casa, no Humaitá, e fiz um cartão de consumo que posso deixar com minha secretária e babá.

Você é fiel a uma rede, ou costuma variar?

Fui muito leal ao Zona Sul enquanto éramos parceiros (Antonia produziu durante dois anos o projeto Pitada Carioca, onde indicava produtos diversos, mais informações abaixo).
Hoje costumo frequentar três lojas: Zona Sul, Farinha Pura e Pão de Açúcar.

Como surgiu o projeto Pitada Carioca com o Supermercado Zona Sul? Tem outros projetos em vista com outras redes?

Os supermercados oferecem um vasto universo para a gastronomia, e as vezes a gente não consome todos os produtos que estão disponíveis por falta de conhecimento sobre eles, ou até mesmo algumas crenças limitantes. Nesse projeto eu tive total liberdade para selecionar os produtos e escrever sobre eles. Gostava muito de ir ao centro de distribuição em Olaria, uma vez por mês, para garimpar as novidades e publicar em primeira mão nas redes sociais. Sempre busquei uma relação afetiva com a comida ou produto em questão. Foram dois anos fazendo o Pitada Carioca, e sou muito grata à rede Zona Sul, para mim foi superbacana! E tenho vontade de fazer algo nesses moldes de novo, como faço atualmente nos ‘Achados da Antônia’, onde gravo vídeos para as redes sociais indicando novos produtos com diferentes utilidades para a casa e a família.

Nos conte como surgiu o ‘Achados da Antônia’, e quais produtos você costuma garimpar no supermercado?

A inspiração de fazer os vídeos dos achados surgiu durante o banho. Eu tinha um bloco de anotações a prova d’água no chuveiro, e sempre gostei de pesquisar utilidades para a casa, descobrir novos produtos e tendências, para mim é prazeroso. Passei mais de 10 anos escrevendo dicas sobre a cidade no meu site, Agenda Carioca, e com o projeto Pitada Carioca virei a personagem contanto minhas próprias experiências. Nos Achados da Antônia eu ampliei esse olhar partindo de coisas que eu já tinha em casa. Muitos produtos são de fora do país, mas se você quiser muito vai conseguir achar por aqui. Já tenho uma parceria com o Shopping Via Parque onde encontro produtos para o universo infantil, e meus filhos são os personagens.

Gosto de descobrir novas formas de consumir os produtos. O azeite em spray é um achado, por exemplo!

E durante suas viagens, já viu algo bacana que gostaria que também existisse aqui Brasil?

Vi em Londres os caixas de autoatendimento, onde a confiança é tão grande, que o consumidor registra suas compras e paga, sem ninguém fiscalizar.

Entrar em supermercado fora do Brasil é um programa! Sempre volto com comida na mala! Trago novos molhos, temperos, coisas menos perecíveis. Tenho uma mala própria para trazer vinhos também. Adoro ir nos supermercados americanos, mas nada é familiar para nós. Por exemplo, no Whole Foods você chega e não conhece as marcas, então você tem que desbravar. Você sai dali com uma refeição sem ter uma referência sobre ela. Como seria bom chegar lá e ter alguém dando dicas.

Uma vez viajei para a Suíça com a jornalista Renata Capucci e precisamos comprar outra mala só para os itens gourmet. Nos livramos do grupo que estávamos e corremos para o supermercado para comprar coisas diferentes!

Quais são suas sugestões para os supermercados do Estado do Rio de Janeiro?

Acho que são muito pobres na parte de acessórios de cozinha. Gostaria de poder encontrar mais opções na seção de utilidades do lar, como caçarolas, raladores, cerâmicas bonitas, esses itens que fazem parte do ritual de servir, apresentar a refeição à mesa.

Uma coisa que adoro são as bolsas resistentes (eco-bags) para não voltar com mil sacolinhas de plástico para casa. E elas acabam tendo muitas utilidades também, dá para levar os brinquedos das crianças, levar toalhas para a praia/clube. No Zona Sul, por exemplo, fizeram uma linha de sacolas com uma declaração de amor ao Rio. Já levei para dar de presente para amigos que moram em Paris e na Alemanha. Elas são bonitas e têm 7 vidas, duram eternamente!

Acompanhe as dicas de Antonia nos canais abaixo:

www.agendacarioca.com.br 

http://www.instagram.com/achadosdaantonia

Deixe uma resposta