07 nov 2018

Conselho de Prevenção de Perdas da ASSERJ recebe diretor geral do Prezunic Cencosud, Paulo Drago

A rede é a 3ª melhor para se trabalhar no RJ; Gerente de RH fala em “trabalho humano” na prevenção das perdas

Aconteceu hoje (7/11), na sala de treinamento do Prezunic Cencosud (Barra da Tijuca), a reunião do Conselho de Prevenção da ASSERJ (Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro). Coordenada pela superintendente da ASSERJ, Keila Prates, mais de 50 profissionais do setor assistiram a cases e debateram assuntos relativos ao setor.

A abertura foi feita pelo diretor geral do Prezunic Cencosud, Paulo Faria Drago. A rede foi considera a 3ª melhor para se trabalhar no Rio de Janeiro, segundo o Great Place to Work (GPTW). Paulo Drago falou de sua experiência no varejo e destacou a importância do estoque na prevenção de perdas nas lojas da rede.

— Nossa missão no Prezunic Cencosud é garantir que o estoque esteja adequado a quantia de vendas. Estoque alto é sinônimo de quebra futura. Temos o controle do estoque de todas as lojas, ficando mais fácil de arrumar e vender no PDV, inviabilizando perdas.

O diretor Paulo falou, também, da necessidade primária do setor de prevenção de perdas estar próximo com a coordenação da rede.

— A prevenção de perdas do Prezunic Cencosud anda junto com a diretoria geral, porque não se trata de um tema secundário, é o principal. Na nossa visão estratégica, prevenção é deixar de lado o fator “policialesco” e desenhar processos e seus cumprimentos. Seguir o passo a passo destes processos garante uma eficiência que previne perdas.

O gerente de prevenção de perdas do Prezunic Cencosud, Alexsandro Teixeira, encerrou a apresentação explicando como é o trabalho da equipe da Prevenção de Perdas na rede.

— A prevenção de perdas do Prezunic Cencosud é mais que um departamento, é uma cultura. Dentro dos nossos pilares de atuação, a informação sucede o conhecimento, implantando um foco a ser seguido. Por isso, toda reunião de estratégia da rede tem um integrante da nossa equipe.

Paulo Drago começou no varejo no Ponto Frio em 1997 e hoje é o diretor geral do Prezunic Cencosud

A atuação do RH

Durante a apresentação dos Novos gerenciadores de prevenção de perdas, a gerente de RH do Prezunic Cencosud, Ana Behrens, afirmou que o sucesso da equipe de perdas é resultado de um trabalho que visa pessoas, o “trabalho humano”.

— Valorização, proximidade e humildade são palavras que a gente repete a todo tempo, porque nossa preocupação é formar e capacitar colaboradores. A parte técnica é equilibrar o patrimônio com a parte de prevenção, observando o ponto humano e a política de processos dentro da organização. Se as pessoas se sentem bem cuidadas, dando metas e premiações, não tem como dar errado.

Os novos gerenciadores de prevenção de perdas do Prezunic Cencosud foram apresentados durante a reunião do conselho

Pesquisa de Perdas da Abrappe

A Superintendente da ASSERJ, Keila Prates, finalizou a reunião do Conselho de Prevenção de Perdas comentando os dados da Pesquisa Abrappe 2018, com colaboração da ASSERJ, divulgada em setembro. Os resultados demonstram que o setor supermercadista teve perda média de 1,94% em 2017. Destes, 0,91% são perdas não identificadas, e os outros 1.03% são perdas já são conhecidas do setor, como quebras operacionais, vencimento, avaria, deterioração etc.

Participaram deste conselho profissionais do setor de prevenção de perdas dos Supermercados Prezunic; Rede Unno; Super Prix, Princesa; Costa Azul; Multimarket; Supermarket; Rede Economia; Armazém do Grão; Cereais Bramil; Casa do Sabão; além de Lojas Marisa e Casa & Vídeo, entre outros.

Ao total, 52 profissionais participaram do Conselho de Prevenção de Perdas da ASSERJ

Deixe uma resposta