IMG_5113
13 out 2017

SOL BRILHANTE LATICÍNIOS INVESTE EM CURSOS COM ESCOLA ASSERJ

A empresa Sol Brilhante, com 30 anos de história, conquistou a admiração e a liderança no mercado com o queijo minas frescal, atuando nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A organização opera por meio de sua fábrica, Laticínios Villagge, localizada em Antônio Carlos (Minas Gerais), com uma proposta de alimentação saudável.

Hoje conversamos com Rodrigo Simões, Gerente Comercial, que investe em capacitação e treinamento de seus colaboradores junto a Escola Asserj, nosso braço educacional.

Confira a entrevista:

ASSERJ: Como surgiu o interesse de realizar treinamentos com a Escola Asserj?

RODRIGO SIMÕES: A ideia surgiu com a admiração desse novo momento da Asserj. Atuo há três anos no ramo alimentício e deu para ver a mudança e o respeito que os varejistas tem pela Asserj.  Tínhamos um corpo com mais de 180 funcionários, porém, nosso quadro ficou enxuto e decidimos investir em capacitação e aperfeiçoamento técnico. Queremos aproveitar a grife que a Asserj tem hoje e treinamos em torno de 70 pessoas. Vamos fazer, inclusive, um crossmarketing, estampando a marca da Asserj na manga de nossos uniformes. Todos os colaboradores serão identificados com nome no jaleco.

ASSERJ: Qual foi o curso escolhido para o treinamento da equipe Sol Brilhante?

RODRIGO SIMÕES: Nossos gerentes comerciais, supervisores e coordenadores fizeram o curso ‘Inovação de Negócios’. E nossos promotores de vendas fizeram o treinamento com o instrutor André Acioli, sobre motivação e captação nas vendas. Todos realizados no mês de setembro, no auditório da Asserj. Foram oito horas de treinamento!

ASSERJ: Qual foi a sua percepção do curso?

RODRIGO SIMÕES: Tive boas surpresas. Achei os colaboradores muito motivados, primeiro pelo tratamento que tiveram, coffe-break bem bacana, auditório confortável. Se sentiram muito prestigiados, a Escola Asserj os encantou com afinco. Achei muito proveitoso, e surtiu muito efeito! Tivemos uma outra visão para os negócios. Desde que sou gerente comercial, há três anos, esse foi o primeiro treinamento externo que fazemos. A Sol Brilhante é uma empresa familiar, baseada no conhecimento da família.

ASSERJ: E quais são os planos daqui para a frente?

RODRIGO SIMÕES: Investir em uma linha de produtos maior. Temos um gargalo com o varejista que é a “quebra” que o queijo minas dá (o soro que ele perde). Estamos desenvolvendo uma nova embalagem termoformada, essa embalagem proporciona ao queijo uma espécie de vácuo, e o soro ficaria compactado dentro do produto. O queijo fresco tem o soro como característica.

Além do treinamento, investimentos em prestação de serviços e roteirização. Somos uma prestadora de serviços aos varejistas. Temos mais de 70 promotores no Rio de Janeiro. E em 2018 estaremos na 30ª Super Rio Expofood apresentando o nosso queijo minas frescal.

ASSERJ: Por último, nos conte os diferenciais da Sol Brilhante

RODRIGO SIMÕES: Um fator importante é que há três meses atrás compramos um equipamento chamado Bactofuga, fabricado pela Tetrapak. Depois que o produto passa pela pasteurização, o aparelho refiltra o leite, para que fique com o mínimo de bactérias. Isso faz com que possa ser consumido tanto por crianças e idosos. No setor de queijo minas frescal não tem ninguém usando.

Já fomos reconhecidos com o conceito máximo, MUITO BOM, em todos os quesitos da análise pela ProTeste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor).Vale destacar também os prêmios conquistados: TOP BGARJ e Melhores dos Gêneros 2013: Melhor Indústria Nacional de Laticínios, certificados pela Bolsa de Gênero Alimentícios do Estado do Rio de Janeiro.

 

IMG_5105IMG_5110IMG_5112

Deixe uma resposta