Fred de Castro_baterista
24 jun 2017

Fred de Castro, ex-baterista dos Raimundos, fala sobre sua paixão por supermercados

A ASSERJ conversou com o baterista Fred de Castro (ex-Raimundos e Autoramas) sobre a sua relação com o supermercado. Sim, o músico carioca é frequentador assíduo das redes varejistas e revelou suas dicas e curiosidades a respeito desse mundo, tão diferente de sua profissão.

Fred ficou surpreso quando foi descoberto pela ASSERJ nas redes sociais, e comenta sobre a feliz coincidência “Gosto de cozinhar, sou fanático por supermercados, chego a frequentar até três vezes por dia. Para mim, ir ao mercado é uma experiência sensorial e cultural. O supermercado é uma junção de tudo”, afirma Fred.

Mas, como tudo começou? O músico nasceu no Rio, e se mudou para Brasília com sua família, Fred relembra suas primeiras experiências no mercado “minha lembrança mais antiga de um supermercado é em Brasília, fui criado lá em 1972, minha família ia para o ‘Jumbo Eletro’, era um período de inflação, os mercados eram cheios, pois no outro dia o preço mudaria. Na época eram usadas sacolas de papel. Quando criança não era muito fã dessa programação, mas quando saí de casa e fui morar sozinho, em São Paulo, comecei a frequentar mais o supermercado. Hoje posso dizer que sou metódico, e tenho meu modus operandi (risos) ”.

O baterista conta que prefere fazer compras sozinho, e dispensa as empacotadoras, pois faz uso das ecobags, inclusive, aí vai uma curiosidade “Tenho mania de ecobags, e em todos os lugares que viajo compro uma para minha coleção. Tenho bags do mundo inteiro, pois são uma utilidade para mim”. O músico contou que sempre fez uso de sacolas de lona na hora de ir ao mercado. “Usava pela comodidade, o saco plástico arrebenta, e torna-se um acumulador dentro de casa. As ecobags são sustentáveis e agilizam a fila na hora de empacotar as compras”. Ainda sobreas sacolas, Fred indica a canção ‘O saco’ da banda Galinha Preta, que faz uma reflexão sobre a interferência das sacolas plásticas no meio ambiente.

Morador do Recreio dos Bandeirantes, Fred diz que o bairro é um ‘Parque de Diversões’ para quem gosta de supermercados, são várias redes próximas que proporcionam variedade e diferentes ofertas. “Vou ao mercado todos os dias, sempre tenho a minha listinha. Gosto de fazer o hortifrúti no Mundial pela manhã bem cedo, onde encontro tudo fresco e bonito. Para carnes gosto do SuperMarket, onde converso com o açougueiro. Costumo ir de bicicleta ao Zona Sul”, conta.

Sobre as inovações para o setor e novas formas de fazer compras, como pela Internet, Fred é categórico “Preciso usar todos os meus sentidos quando estou fazendo compras. Gosto de sentir o cheiro, ver gente. No mercado sempre tem alguém para te ajudar, isso é qualidade de vida, é um ganho. Gostaria de ir em feiras no meu bairro, mas como ainda não encontrei uma, faço a compra no hortifrúti dos mercados, sempre pela manhã”, acrescenta.

E sugestões? Sendo um frequentador assíduo, Fred conta que sempre que viaja faz questão de conhecer os mercados de outros países e cidades. “Quando chego a um local novo sempre pergunto onde fica o supermercado. Uma sugestão para os mercados brasileiros, por exemplo, é o formato faça você mesmo, onde o cliente paga suas compras diretamente em um terminal, sem ter que passar por filas, para agilizar o tempo”. Outra ideia de Fred é incentivar o uso de sacolas ecológicas. “Não sou completamente contra cobrar por sacola plástica. Comecei a usar sem pensar na questão ecológica, mas já que temos esse problema do plástico, é interessante frisar os benefícios da ecobag, por exemplo, até para fidelizas os clientes e propor vantagens.”

Essas foram as histórias e dicas de Fred de Castro. Aproveite para acompanhar o trabalho do baterista em seu instagram @fredcastro51 !

Deixe uma resposta