20 dez 2018

Prefeitura do Rio suspende pedágio da Linha Amarela, sentido Fundão

A Prefeitura do Rio suspendeu a cobrança do pedágio da Linha Amarela, no sentido Fundão. A determinação foi publicada no Diário Oficial do Município de hoje (20/11). A prefeitura alega que a Lamsa, concessionária que administra a via, fez cobranças irregulares em mais de R$ 200 milhões. A liberação do pedágio pode acontecer ainda na tarde desta quinta e, segundo a prefeitura, a concessionária já foi notificada para abrir as cancelas nas pistas sentido Fundão.

Leia abaixo o Decreto na íntegra.

DECRETO RIO N° 45.546, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2018

Determina a suspensão da cobrança de tarifa de pedágio na Avenida Governador Carlos Lacerda – Linha Amarela – no sentido Fundão, e dá outras providências.

O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, e

CONSIDERANDO a conclusão parcial do Grupo de Trabalho criado pelo Decreto nº 44.802 de 24 de julho de 2018, no qual se constatou desequilíbrio econômico e financeiro, em prejuízo da municipalidade, na concessão de cobrança de pedágio da Avenida Governador Carlos Lacerda – Linha Amarela;

CONSIDERANDO o Poder-Dever da Administração de rever os seus próprios atos, com base no Princípio da Autotutela Administrativa;

CONSIDERANDO a necessidade de adotar medidas acautelatórias no sentido de fazer cessar os danos aos usuários do serviço público concedido;

CONSIDERANDO que o reequilíbrio deve se dar em favor do usuário da via, em observância ao princípio da moralidade tarifária;

CONSIDERANDO o precedente de redução da tarifa efetivada através do Decreto nº 19.428 de 1º de janeiro de 2001, que determina a redução do valor do pedágio na Av. Carlos Lacerda – Linha Amarela, na forma que menciona;

CONSIDERANDO a alternativa que melhor atende ao fomento da economia da cidade e à preservação do meio ambiente,

DECRETA:

Art. 1° Fica suspensa, pelo prazo de dezenove meses, a cobrança do pedágio na Avenida Governador Carlos Lacerda – LINHA AMARELA, no sentido Fundão.

Parágrafo único. A Administração dará continuidade aos estudos efetivados pelo Grupo de Trabalho criado pelo Decreto nº 44.802 de 24 de julho de 2018, que cria grupo de trabalho com o objetivo de elaborar estudo acerca da concessão do direito de cobrança de pedágio, objeto de Termo de Contrato celebrado entre o Município do Rio de Janeiro e o Consórcio Linha Amarela S.A. – LAMSA, com vistas ao reexame do valor da tarifa cobrada na Avenida Governador Carlos Lacerda, “Linha Amarela”, bem como do prazo de sua vigência, e dá outras providências, podendo contratar consultoria externa, visando a análise e possível revisão do modelo de concessão, a redução da tarifa e a forma de cobrança do pedágio, conforme estabelecido no caput deste artigo.

Art. 2° Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.

Rio de Janeiro, 20 de dezembro de 2018 – 454° de Fundação da Cidade.

Deixe uma resposta