26 dez 2018

Ocupação de hotéis na cidade do Rio, neste fim de ano, demonstra recuperação da confiança turística

A ocupação dos hotéis para o réveillon na cidade do Rio de Janeiro tem vários hotéis lotados. No ano passado, a crise deixou muito quartos vazios. A diferença em relação ao réveillon de 2018 é considerável: quase 35% a mais de ocupação, segundo a Associação Brasileira de Indústrias de Hotéis (ABIH).

Em 2017, a cinco ou seis dias do Ano Novo, a ocupação dos hotéis estava em 50%. Este ano, a taxa de ocupação a cinco ou seis dias da virada para 2019 é de 85% dos quartos ocupados, o que deixa muito otimista os representantes da rede hoteleira da cidade.

Com telão gigante, palco começou a ser montado em Copacabana na sexta-feira (21/12) | Foto: Ana Branco/O Globo

As regiões mais procuradas até agora são Flamengo (91%), que apresenta quartos com preços mais convidativos; Ipanema e Leblon (89%); Barra da Tijuca (87%); e Copacabana (85%).

Na areia da Praia de Copacabana já começaram os preparativos para a festa do réveillon de 2019, que deve atrair cerca de dois milhões de pessoas. Serão dez horas de shows, com atrações como Gilberto Gil, Ludmila e a escola de samba Beija-Flor de Nilópolis — a campeã do carnaval de 2018.

 

ASSERJ debate a recuperação da imagem do estado do Rio com empresários

Mensalmente, um encontro entre empresários reúne ações para a recuperação da imagem do estado do Rio de Janeiro no Brasil e no exterior. O objetivo é determinar a criação de iniciativas para atrair mais turistas, apresentando as belezas e vantagens do Rio.

A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ) participa ativamente destes debates. Os índices de ocupação hoteleira no estado seguiram positivos em 2018, segundo a ABIH-RJ, movimentando a economia e aumentando a credibilidade do estado. A expectativa é que o setor continue em crescimento ao longo de 2019.

Com informações do G1

Deixe uma resposta