21 set 2018

Abrappe divulga índice de perdas no varejo em 2017

Treinamento de funcionários é uma das práticas de prevenção às perdas em supermercados

O setor supermercadista teve perda média de 1,94% em 2017, segundo dados da Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe), com apoio da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ). Destes, 0,91% são perdas não identificadas, ou seja, danos aos produtos que não podem ser previstos. Os outros 1.03% de perdas já são conhecidas do setor: perdas operacionais, vencimento, avaria, deterioração etc.

Os índices fazem parte de pesquisa elaborada pela Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe) divulgada durante o 1° Fórum Abrappe de Prevenção de Perdas, que aconteceu no auditório da Totvs na última quarta-feira (19) em São Paulo. Ainda segundo a pesquisa, o varejo teve perda média de 1,29% do faturamento total em 2017, representando R$ 20 bilhões em todo o setor varejista – menor do que em 2016, que fechou com 1,32%.

A diminuição do índice mostra a prevenção do varejo contra as perdas. De acordo com a pesquisa, entre 2017 e 2018, o Brasil aumentou os investimentos para prevenir perdas e danos aos produtos, ficando na frente de países de primeiro mundo, como Estados Unidos, Alemanha e Japão. Um exemplo de perda acontece nos supermercados, quando o produto é aberto antes da compra e deixado na gôndola, inviabilizando a venda.

De acordo com o Presidente da Abrappe, Carlos Eduardo Santos, é preciso ter integração entre as áreas comercial e de operações. – Esse alinhamento deve ser feito principalmente quando há uma aposta de vendas, comprando uma quantidade maior por um custo menor. Ainda segundo Carlos, o sistema Pepsi é uma das táticas de prevenção contra perdas identificadas.

Presente no fórum da Abrappe, a Superintendente da Associação dos Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), Keila Prates, afirma que o processo de prevenção e redução de perdas impacta diretamente no aumento da margem de lucro. – A realização periódica de inventários do estoque, um software que controle esse estoque e o treinamento de funcionários evita as perdas e controla as rupturas.

Escola ASSERJ oferece curso de prevenção de perdas para funcionários do varejo

Com data prevista para 10 de outubro, o curso Prevenção de Perdas na Operação da Loja tem carga horária de 8 horas e é oferecido pela Escola ASSERJ. O objetivo é sensibilizar os profissionais para a importância de prevenir perdas nos diversos setores supermercadistas e seu impacto no resultado da empresa. Associados têm descontos a partir de 25%. Para mais informações, ligue (21) 2584-6339 ou (21) 96425-3672, ou também pelo e-mail escola@asserj.com.br.

 

Keila Prates, superintende da ASSERJ, e Carlos Eduardo Santos, presidente da Abrappe

 

Fórum da Abrappe reuniu líderes varejistas do Rio de Janeiro

Deixe uma resposta