WhatsApp Image 2017-04-13 at 15.25.07 (13)
29 jun 2017

Mundial recebe Conselho de Prevenção de Perdas da ASSERJ

Evento contou com a apresentação da evolução profissional da funcionária do Mundial Ana Claudia Oliveira e da criação do setor de Controle de Estoque

Cerca de 70 profissionais de supermercados, farmácias e lojas de departamento participaram do Conselho de Prevenção de Perdas da ASSERJ, comandado por Carlos Eduardo Santos, Presidente Nacional da Comissão de Prevenção de Perdas da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) e Keila Prates, coordenadora de projetos da Associação, ontem, dia 12, no Centro de Distribuição dos Supermercados Mundial. Esta foi a primeira vez que a reunião aconteceu em um supermercado após inclusão do Conselho no calendário regular da ASSERJ.

Reconhecido por suas práticas na área de Prevenção de Perdas, o Mundial foi o primeiro supermercado a abrir as suas portas para a reunião e apresentou o case da criação do setor de Controle de Estoque e a trajetória profissional de Ana Cláudia Oliveira, Gerente de Controle de Estoque e responsável pela implantação do setor. “Eu comecei no Mundial como empacotadora de padaria em 2000. Depois de oportunidades no SAC e na Expedição, fui indicada para a Controladoria e, depois, para a implantação e gerência do Controle de Estoque. Após muita evolução e trabalho árduo, hoje a área está estruturada e, ao todo, formamos uma equipe de 24 pessoas e alcançamos 1,59% de perdas em frutas, legumes e verduras.” Segundo a última pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), referente ao ano de 2015, a média dos supermercados brasileiros é 6,80%.

O caminho não foi fácil e Ana Cláudia contou com a ajuda de pessoas decisivas durante a sua evolução. Uma delas foi Helena Muniz, Gerente Financeira, que trabalha há 36 anos no Mundial e se emocionou com o crescimento da gerente. “Ela sempre se destacou e mostrou iniciativa. Acreditei quando a chamei para a Central e hoje sinto que ela dá continuidade ao meu trabalho. Passou um filme pela minha cabeça”, conta emocionada.

Ana Cláudia participa regularmente das reuniões do Conselho e vibrou quando esses encontros foram incluídos no calendário de conselhos da ASSERJ. “Esta prática ainda está em desenvolvimento no Rio de Janeiro. Aos poucos os supermercados fluminenses estão olhando com mais atenção para a Prevenção de Perdas. Trazer as reuniões para os supermercados mostra que a ASSERJ está abraçando a causa e disseminando a cultura. Atualmente, não preciso mais ir para outros estados adquirir conhecimento sobre Prevenção, como fazia antes”, comemora.

Carlos Eduardo Santos também concorda com este cenário. Palestrante de um dos cursos técnicos mais concorridos da 29ª Super Rio Expofood, o administrador, advogado, escritor, professor e um dos maiores especialistas do assunto no Brasil, ressalta que apesar de recentes, as reuniões do Rio de Janeiro são as que mais engajam participantes no país. “O Rio de Janeiro está começando a dar a devida atenção a Prevenção de Perdas. Esta foi a nossa quarta reunião e tivemos uma presença maciça das empresas. Um dos nossos novos desafios agora é levar o assunto para a alta administração e mostrar que a prevenção de perdas é um assunto estratégico”, destaca.

Durante a reunião, Carlos Eduardo apresentou ainda o formulário da II Pesquisa de Prevenção de Perdas da SBVC. “Contamos com as participações e respostas dos associados para podermos ter um recorte regional e acompanhar como está a evolução dessa área nos supermercados no Estado”, ressalta.

Visita técnica

Após a reunião, os participantes puderam visitar o estoque do Mundial. Guiado por João Gomes, responsável pelo setor, os membros do Conselho puderam conhecer, tirar dúvidas e entender o funcionamento e dinâmica do estoque, que recebe até 200 por dia caminhões em temporadas sazonais.

I Fórum Anual de Prevenção de Perdas

A próxima reunião do Conselho será realizada durante o I Fórum de Prevenção de Perdas, que será promovido pela ASSERJ no fim de maio. Para este evento, estão previstos alguns assuntos atuais no varejo do Rio de Janeiro, como o roubo de cargas. Para Keila Prates, esta é mais uma importante oportunidade de reforçar a união e colaboração do setor. “Cada evento ou reunião que a ASSERJ realiza tem como objetivo deixar a competição entre vocês somente na gôndola. Juntos podemos mostrar a força do varejo e dos supermercados no Rio”, reforça.

O Conselho de Prevenção de Perdas acontece bimestralmente e tem como principal objetivo alinhar e compartilhar as boas práticas de Prevenção de Perdas focando em melhores resultados e no aumento da rentabilidade das empresas participantes.

Deixe uma resposta