04 jun 2018

Sua loja está preparada para oferecer as formas de pagamento do futuro ao consumidor?

Transformação digital é o processo em que as empresas utilizam a tecnologia para aperfeiçoar o desempenho da organização, aumentar o alcance e garantir resultados melhores. Esta é uma mudança estrutural que está ganhando força em diferentes segmentos da sociedade. E o setor supermercadista não fica atrás nas inovações.

Redes de supermercados não param de investir em tecnologias que possibilitam o consumidor evitar filas na hora da compra, reduzir o tempo gasto no mercado e ter mais segurança no pagamento. Tudo isso só é possível devido à universalização da Internet e do smartphone.

O Brasil é apontado como o quarto país em número de usuários de internet, de acordo com um recente relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês). São mais de 120 milhões de pessoas conectadas à rede.

Ao oferecer novas formas de pagamento, por exemplo, as redes de supermercados respondem à uma exigência dos próprios consumidores, que estão valorizando cada vez mais opções que vão além das tradicionais. Para o vice-presidente de Distribuição e Varejo da TOTVS, empresa brasileira de software, Ronan Maia, investir nessas tecnologias é uma maneira de fidelizar o cliente.

“Dessa forma o empresário proporciona ao cliente uma experiência muito mais agradável e tranquila na hora de realizar as compras no supermercado. Há menos atritos e burocracias, o que fará com que o cliente volte à loja”, confirma Maia.

Como novidades nesta área, o especialista em tecnologia aposta na migração do papel e plástico para os aparelhos digitais. Ele destaca como inovações os aplicativos que oferecem descontos no pagamento; a carteira digital, um aplicativo que permite armazenar todos os cartões, substituindo a necessidade da carteira física; e a plataforma Clica e Retira, que possibilita realizar as compras e pagamentos de forma digital e passar na loja apenas para pegar os itens selecionados; além do e-commerce, já bastante usado.

Segundo Maia, esses serviços trazem benefícios tanto para os clientes quanto para o supermercadista. “Essas soluções são sinônimo de conveniência, mais rapidez e eficiência. O cliente não pega fila e a rede fideliza o consumidor porque atende a todas as expectativas dele”, afirma o executivo.

Apesar dos avanços tecnológicos, o Brasil ainda caminha em passos lentos, principalmente no segmento do varejo supermercadista, é o que revela Ronan Maia ao comparar o cenário nacional e internacional. “Talvez haja um desconhecimento e uma falta de ousadia por parte dos supermercadistas. É normal haver um receio de buscar e fazer inovações por ser um setor tradicional no país”, atribui o representante da TOTVS, como a razão para o atraso.

 

Conheça 3 formas de pagamento que hoje você acha improvável, mas que daqui a uns anos estará usando.

  • Reconhecimento facial: será preciso tirar uma selfie para confirmar o seu pagamento;
  • Bitcoins: as moedas virtuais já usadas, vão ser ainda mais comuns para todo tipo de compra;
  • Wearables: dispositivos vestíveis como óculos, relógio, até roupas com chips servirão como métodos de pagamento.

Participe do ASSERJ Conecta!

Nesta quarta-feira, 06 de junho, a ASSERJ promove o ASSERJ Conecta no Rio de Janeiro, evento que trará soluções tecnológicas para diferentes setores de todos os ramos de atuação. O encontro vai reunir desenvolvedores e fornecedores de tecnologia.

Saiba mais! (21) 2584-6339

Deixe uma resposta