08 jun 2018

Revista SUPER NEGÓCIOS entrevista Ana Maria Braga

Há mais de 15 anos a apresentadora da Rede Globo está à frente do programa Mais Você. Em entrevista exclusiva, a jornalista, bióloga, atriz e cantora compartilha detalhes sobre sua vida profissional e sua relação com os supermercados, negócios e tecnologia. Conheça os caminhos que levaram a apresentadora a trilhar uma trajetória de sucesso.

SUPER NEGÓCIOS: Você figura na lista das 250 mulheres mais poderosas do planeta (Fortune Maganize – 2017) e no Guinnes Book como a apresentadora com maior tempo de permanência ao vivo do mundo. A que atribui  esse sucesso? 

ANA MARIA BRAGA: Atribuo a muito trabalho, responsabilidade e foco. Fazendo uma analogia, seria a mesma adrenalina que um piloto deve sentir quando decola e pousa um boeing lotado de passageiros. Tenho como minha responsabilidade falar com milhares de pessoas, que me assistem e observam cuidadosamente. É preciso muita concentração, estudo e dedicação para que o que está sendo dito e exibido esteja certo. Mas também é um sentimento maravilhoso de dever cumprido. O ao vivo é uma marca registrada minha, faço o programa sem roteiro escrito e sem ponto. Isso me confere muito mais encargos, mas muitas alegrias.

SUPER NEGÓCIOS: Nos anos 90, você superou com criatividade uma demissão de um cargo executivo em uma editora, um local onde era bem-sucedida. Você até tentou empreender na época, mas optou por aplicar tudo o que sabia em uma coisa nova: a televisão. Qual é o seu conselho para quem está em busca de uma virada profissional, mas ainda tem receios?

ANA MARIA BRAGA: Minha saída da Editora Abril foi traumática. Foi a minha primeira e última demissão. Mas, falo para todos: graças a Deus me mandaram embora. Se isso não tivesse acontecido, a minha vida teria tomado outro rumo e eu não estaria aqui agora. Então, por pior que possa parecer a situação, a gente não pode desistir e nem desanimar. Vale a pena investir nos sonhos e em mudanças, elas vêm para melhor se a pessoa estiver disposta a lutar e vencer.

 “Vale a pena investir nos sonhos e em mudanças, elas vêm para melhor se a pessoa estiver disposta a lutar e vencer.”

SUPER NEGÓCIOS: Hoje falamos muito em propósito e em ser realmente apaixonado pelo que se faz. Qual é o seu maior propósito enquanto comunicadora? 

ANA MARIA BRAGA: Meu propósito continua sendo o mesmo: ser como sou, acreditar nas mesmas coisas que sempre acreditei, continuar exigente com meus resultados e prioritariamente ser feliz.

SUPER NEGÓCIOS: Como é a sua relação com os supermercados? Mesmo com o assédio, consegue frequentar as redes quando tem tempo e vontade?

ANA MARIA BRAGA: Infelizmente, não. Uma vez, há muito tempo, tentei fazer compras em um hipermercado do lado de casa em São Paulo. Coloquei uma peruca preta e fui de madrugada; mas em menos de dez minutos fui “descoberta” e passei duas horas dando autógrafos. No Rio e em São Paulo, nos pequenos mercados eu consigo ir. No Rio é mais simples, porque o carioca está um pouco mais acostumado com artistas, porém mesmo assim dedico parte do meu tempo conversando e tirando fotos. Só que eu adoro, se não gostasse, não iria. Quem tem vida pública sabe que a proximidade com o telespectador e os fãs é importante, é o nosso combustível.

Ana Maria Braga

“Coloquei uma peruca preta e fui ao supermercado de madrugada, mas em menos de dez minutos fui descoberta e passei duas horas dando autógrafos.”

SUPER NEGÓCIOS: Você é antenada às novidades do mercado e gosta de tecnologia e jogos eletrônicos. Quais inovações tecnológicas você gostaria de ver nos supermercados brasileiros?

ANA MARIA BRAGA: Eu sou absolutamente plugada em tudo o que é tecnologia, jogos e entretenimento virtual. Seria o máximo já termos aplicativos que, conforme colocássemos os produtos no carrinho, ele registrasse automaticamente e subtraísse em caso de desistência ou troca do produto. O autosserviço é uma realidade muito próxima e sugiro que as redes de supermercados invistam em treinamento dos seus funcionários, para que eles tenham conhecimento e possam  orientar os clientes no uso dessas tecnologias.

“Seria o máximo já termos aplicativos que, conforme colocássemos os produtos no carrinho, ele registrasse automaticamente e subtraísse em caso de desistência ou troca do produto.”

SUPER NEGÓCIOS: O seu programa tem uma relação direta com os supermercados, inclusive o quadro ‘Solteiros no Supermercado’. Tem algum projeto que ainda não realizou e tem vontade de fazer junto com os supermercados? 

ANA MARIA BRAGA: Minha equipe de criação sempre faz propostas de novas ideias e conteúdo. Temos com certeza vontade de produzir algo que envolva o universo de supermercados, compras e culinária. O telespectador gosta de se ver em ambientes do cotidiano dele.

“Temos com certeza vontade de produzir algo que envolva o universo de supermercados, compras e culinária.”

SUPER NEGÓCIOS: Você possui uma série de produtos alimentícios licenciados com o seu nome. Existe alguma novidade por vir nessa área com a indústria?

ANA MARIA BRAGA: Sou extremamente criteriosa no lançamento de produtos licenciados. Atualmente tenho ovos caipiras, tomates tipo italiano, mini-italiano e salada, e couve de qualidade e corte iguais aos que a minha mãe fazia.

SUPER NEGÓCIOS: E o seu lado empresária, fora da televisão, quais são os projetos atuais a que se dedica?

ANA MARIA BRAGA: Meu grande investimento fora da televisão é no segmento de livros  –  tenho mais de 100 títulos lançados e milhões de exemplares vendidos – e meu site, que tenho há mais de 20 anos. Inclusive fui uma das pioneiras no Brasil em sites de pessoa pública e há dois anos ampliei a atuação do meu site. Fiz mudanças incríveis de layout, de conteúdo e de parceiros. Nele eu lancei recentemente o Clube da Ana e um concurso para escolher a cada mês as 20 melhores receitas. Quero estar mais perto dos internautas todos os dias.

“Meu grande investimento fora da televisão é no segmento de livros – tenho mais de 100 títulos lançados e milhões de exemplares vendidos.”

*Entrevista publicada na edição de março da revista SUPER NEGÓCIOS.

Deixe uma resposta