20 dez 2017

SEGURANÇA ALIMENTAR NO FIM DE ANO

A chegada do final de ano movimenta o setor supermercadista, gerando grande expectativa de vendas e estoques altos para não comprometer o abastecimento das lojas. Nesta época do ano, aumentam também as fiscalizações e o risco de interdições, infrações e descarte de produtos. Por isso, algumas medidas são importantes para manter a qualidade dos alimentos, especialmente os perecíveis.

Ayres Chaves Lopes Neto, Fiscal Sanitário/Médico Veterinário, e Chefe do Setor de Alimentos NVP/DVS/CEVS/SES/RS, alerta que embora habitualmente o comércio varejista expõe o bacalhau salgado seco para venda, inteiro ou fracionado em bandejas, em temperatura ambiente, ou seja, sem refrigeração. Esta condição, embora tradicional e culturalmente aceita pelos consumidores, contraria as informações técnicas de condições de armazenamento e prazo de validade determinadas pelos fabricantes, o que causa transtornos entre autoridades sanitárias e o comércio varejista.

Segundo Ayres, o bacalhau pode ser comercializado a granel, desde que seja permitido pelo fabricante, devendo ser manipulado na área de peixaria, pois trata-se de pescado, identificados, de forma visível e clara, fornecendo aos consumidores as informações de rotulagem constantes na RDC nº. 259/02 – ANVISA.

A gerente-executiva da ASSERJ, Roberta Lazzoli, listou algumas dicas para a preservação dos produtos típicos das festas natalinas, como o bacalhau. 

Confira:

– Bacalhau/Peixes salgados: fique atento ao que está escrito no rótulo do produto, pois o fabricante é o responsável pelas informações de conservação e fracionamento. Se na embalagem original estiver escrito para manter refrigerado, então esta é a forma correta de expor o produto. Por isso, só é permitido disponibilizar na temperatura ambiente os produtos que trouxerem essa informação no rótulo. Assim como o fracionamento, que só deve ser permitido se assim estiver detalhado no rótulo, com a data de validade apresentada pelo fabricante.

Para sanar dúvidas e fornecer orientação e diagnóstico sobre a conservação e manuseio de produtos, a ASSERJ oferece uma visita técnica aos seus associados. A visita deve ser agendada através do telefone (21) 2584-6339.

 

Deixe uma resposta